Day-to-Day

Dia estranho!

September 29, 2008

Sabe aqueles dias que você acorda se sentindo no corpo errado? O que você tá dentro é meio grande demais pra você, ou pequeno demais? Foi assim que eu acordei hoje.

Ontem eu cheguei em casa eram quase 1h da manhã, fui jantar e depois caí direto na cama e morri. Acordei de súbito, no meio de um sonho, em que alguém gritava que eu estava atrasado. Abri os olhos, às pressas, alcancei o celular. Eram 6:51. Nem deu tempo de pensar. Calcei o tênis, joguei uns cadernos e apostilas na mochila, tomei um copo de iogurte, ou foi nescau? Eu tomei alguma coisa? Peguei uma banana, ou era um pacote de biscoitos, não sei mais, e fui comendo na rua. A roupa, exatamente a mesma que eu dormi, ou seja, a mesa do teatro, exceto que agora estava de tênis.

O dia parecia estranho. Estava MUITO claro, muito sol. E ao mesmo tempo, frio. As coisas passavam como que nebulosas, deixando seu espectro ao longo do caminho. Minha mente se concentrava em não dormir, com música ribombando nos ouvidos, a casca da banana ou a embalagem do biscoito nas mãos, comendo.

Tropeçando em meus próprios pés e com aquela luz cegante em minha vista, apertava os olhos enquanto passava as mãos pelo rosto e cabelos, a fim de parecer menos que tinha acabado de pular da cama. Não funcionou, é claro.

Quando dei por mim, estava no meio da Paulista. Entre as duas pistas. Acho que o sinal de pedestres estava fechando, eu corri e cheguei até a metade, mas tive que esperar os carros pararem de novo. Os motores rugiam desproporcionalmente altos. “Acordei” novamente quando tava entrando no cursinho. Fiquei na dúvida. Banheiro, água, ou correr pra sala, pra não correr risco de perder a aula? Preferi a aula. Assim que pisei na sala, o sinal tocou.

Sobrevivi à manhã. Fui almoçar, sentei numa mesa e fui subitamente cercado por empresários que sentaram ao meu redor, conversando alto. MUITO alto. Não me lembro de uma palavra do que diziam. Saí do restaurante andando de lado e consegui chegar até em casa. Agora, terminei de responder o que tinha pra responder, e to indo dormir de novo, pra o resto do dia voltar ao normal!

Bons sonhos a todos.

  • Jumô September 29, 2008 at 1:58 pm

    tem certeza que não foi um sonho?surreal.
    insanooooo
    ahhahahaha

  • Jupê September 29, 2008 at 2:07 pm

    Tbm cheguei atrasada hj…
    HUAHUAHUAUHA

  • Vick September 29, 2008 at 6:23 pm

    Eu também¬¬

  • Jumô September 29, 2008 at 10:15 pm

    eu não, não fui pra aula! :D

  • Diego September 30, 2008 at 6:47 am

    que mentira! Eu vi esse filme ontem na tv!

  • Nádia::: September 30, 2008 at 8:24 am

    Deve ter sido o ar estranho que você respirou na PRO-WORLD CORPORATION :P

  • donk September 30, 2008 at 8:25 am

    ri de sua piada dewígool.
    mas ALL YOUR BASE ARE BELONG TO USSS!!!!

  • Lila September 30, 2008 at 7:16 pm

    respondendo a donk no post anterior;

    passagens rondando 600 (ida+volta). tanto na gol quanto na tam.
    variando os dias da semana e horários, mas o preço base é esse.
    o mais baixo que eu achei foi 518 (gol sem taxas) pra novembro, com 3.584.54785.177.478.148 escalas.

  • donk October 1, 2008 at 11:17 am

    thanks, lila
    meu cabelo está caindo e os melhores cabeleleiros/dermatologistas da área estão em SP.

    aproveito e dou uns tapas em tito.
    =D

  • Kau October 1, 2008 at 2:46 pm

    eu sonhei que todo mundo tava sendo preso por porte ilegal de armas.

    eu precisava contar isso pra alguém! ahuahuahuahua.

    p.s: eu fui pra SP pela TAM e foi mais barato do que pela Gol.

  • Jupê October 1, 2008 at 9:48 pm

    eu vou pela varig! aparentemente era o mais barato na data..

  • donk October 2, 2008 at 8:57 am

    eu vou de bugre.

    mais barato.